domingo, 28 de agosto de 2011

A SUA MELHOR OFERTA...


Texto Motivador: Marcos 12. 41 – 44 

Vale à pena observar alguns personagens importantes neste texto de Marcos 12. Primeiro o narrador que nos conta essa passagem e fato da vida de Jesus Cristo. Segundo o Próprio Jesus Cristo observando a situação ali ocorrida. Terceiro os ricos e poderosos de plantão e o quarto e não menos importante nesta historia a viúva pobre.
Sobre o narrador, percebemos o tanto de pessoas que prestavam atenção no Mestre Jesus pelos seus atos e comportamento com o próximo. Só sabemos de Jesus Cristo, por causa desses homens e mulheres que foram passando a historias para frente até chegar a nós.
Sobre Jesus Cristo é perceber Nele todo o detalhe e cuidado que Ele sempre mostrou para todos e todas que estavam ao seu lado e principalmente para os seus discípulos. Ele não esquece ninguém, pois a sua visão era e é que todos e todas andassem junto e percebesse o GRANDE AMOR DO PAI e também SENHOR das nossas vidas. Pois no capitulo 12 de Marcos, percebemos a malicia e as duvidas de muitos que ali estavam.
Sobre o rico, a bíblia relata que eles davam muito dinheiro ao Templo... Pois eram judeus que tinham nas suas doutrinas, atos de caridades com a Casa do SENHOR. Mas neste caso aqui também, é fácil perceber que alguns religiosos se aproveitavam desses atos de boa vontade desses ricos. Muitos deles davam que realmente lhes sobravam e não ia fazer tanta falta assim...
Sobre a viúva, era bastante comum em Israel, devido às constantes guerras. Para evitar que ficasse desamparada, a lei garantia-lhes alguns privilégios, como o direito de recolher as espigas que caiam no chão durante a colheita (Chamada rebusca) impedindo que fossem oprimidas.[1] Mas havia também o costume do levirato que é o costume, observado entre alguns povos, que obriga um homem a casar-se com a viúva de seu irmão quando este não deixa descendência masculina, sendo que o filho deste casamento é considerado descendente do morto. Este costume é mencionado no Antigo Testamento como uma das leis de Moisés. O vocábulo deriva da palavra "levir", que em latim significa "cunhado". É ordenado em Deuteronômio 25:5-6.[2]
Jesus, como nos mostra o texto tinha acabado de dar varias explicações é entre elas sobre estava sobre o imposto e também qual era o mandamento mais importante. Mas em tudo isso Ele percebeu que muitos que estavam ali, só queriam uma brecha para pega-lo e condená-lo.
Mas voltando a cena em que Jesus observa as pessoas depositando as suas ofertas no gazofilácio, viu essa viúva depositando o seu melhor... Aos olhos de Jesus Cristo, foi à melhor oferta de todas ali. Pois ali houve sinceridade e honestidade com a casa de Deus e com ela mesma.
Percebemos então o fato de Jesus Cristo ensinar aos seus discípulos e também o cuidado e a sinceridade que Ele passa em observar as coisas pequenas, as desprezíveis coisas do nosso mundo... Pois no caso dessa mulher ela era pobre e viúva, sem expectativa nenhuma até então. Mas essa mulher foi digna de ser lembrada na historia. Talvez Jesus nunca conversasse ou teve um contato direto com essa mulher, mas creio que ali, naquele momento houve uma palavra de salvação para a sua vida.
Pois oferta agradável ao SENHOR é que Ele quer... Mas não quero pegar esse texto para falar de dinheiro neste momento. Mas sim de saber entre nós “qual é a oferta que estamos dando ao SENHOR?”.  
*Tempo?
                                    *Dons?
            *Atenção?
 Qual é o nosso tempo?
 Jesus observou como eu já disse “Os pequenos atos das pessoas que se transformaram em GRANDES gestos para a humanidade... Assim como em algumas semanas atrás falamos de Zaqueu e na sua transformação depois de um grande encontro com Jesus Cristo, onde Ele chamou Zaqueu pelo nome e entrou na sua casa. Onde que Zaqueu teve a oportunidade de entender mais sobre o valor do ser humano e do valor ao próximo.
Os atos de Jesus Cristo em mostrar o cuidado com as pessoas e também de dar o seu devido valor a cada um/a era demais... Valor que Ele quer dar para nós... Não tem preço.
Jesus realmente foi um homem diferenciado da sua época... Um Grande Líder e um Grande Mestre na sua época.  No capitulo 12 de Marcos, observamos Jesus falando para todos, deste ao líder religioso, governadores, homens, mulheres, ricos, pobre e viúvas...

Aos olhos de Cristo, essa mulher contribui com o maior valor... Pois não era a quantia depositada ali, mas a intenção do jeito que foi feita e também pela sua qualidade.
Assim sim! Pego esse texto e trago para a realidade dos dízimos e ofertas a casa do SENHOR... Deus conhece o coração e a intenção de cada um de nós. Uma oferta realmente dada de má vontade não chega ao Coração d`Ele. Pois até mesmo o ato de depositar o nosso melhor para Deus no nosso gazofilácio, tem que haver gratidão e um dom diferenciado mesmo... A sua quantia, não importa o valor, tem que ser de coração. Assim como foi daquela mulher viúva... Era a moeda de menor valor, mas foi a mais importante de todas...
No andar com Jesus é assim... As coisas grandes são pequenas e as pequenas são grandes. Ficando assim três reflexões para a nossa caminhada de fé:
1.       Cuidado com o próximo: Temos que observar como anda a nossa comunidade, tem que ajudar um ao outro sem troca e sem magoa. Pois assim como religiosos e parentes, esqueceram talvez de ajudar essa viúva. Que possamos ficar espertos e sensíveis em ajudar.
2.       Nossos dons: Sabendo que, depois de um encontro com Cristo, somos uma nova criatura... Que a transformação venha ser completa em cada um de nós. Não ser arrogante e nem esperar nada em troca com Deus. Pois era essa a intenção de muito ali em depositar o seu dinheiro e também de se apresentar no Templo. Esperando uma troca com o SENHOR... Mas lembra-se que Deus não precisa do seu dinheiro... Ele precisa que você seja fiel e honesto contigo mesmo. Se você conhece os ensinamentos e os ensinamentos entraram no seu coração, faça Jesus achar graça em você.
3.      Nossa oferta: Que venha ser de pura gratidão... Por tudo que Ele tem feito e preparado, mas nossas vidas. O valor da sua oferta pode ser grande, mas se não for agradável e de coração, não tem efeito e não causa transformação nem na sua vida e muito menos na sua comunidade de fé... Pois a oferta dada de má vontade ou de apenas ser reconhecido como aqueles ricos que jogavam muito dinheiro no gazofilácio... Pode ter certeza meu irmão e minha irmã não agradam a Deus.
Faça Cristo achar GRAÇA em você e nos seus atos de amor e fé... Saiba que Cristo até hoje observa e olha o nosso comportando com Deus, com Ele e o Espírito Santo... Que é responsável pelos nossos dons. Pois o dom de doar não apenas dinheiro, mas o nosso melhor também para Eles... Está acima de reconhecimentos humanos, pois Ele conhece os nossos corações. Que essa mulher que não sabemos nem o nome, venha ser o nosso exemplo de amor e gratidão por tudo que Eles tem feito e vai fazer nas nossas vidas. Amém, amém e amém. Deus seja louvado.


[1] Minidicionário Bíblico – David Conrado Sabbag / Editora: Difusão Cultura do Livro.

Um comentário:

  1. Deus, continue te abençoando a cada dia mais e mais.... Suas mensagens são muito edificantes em minha vida! Deus o abençoe!

    ResponderExcluir