terça-feira, 13 de setembro de 2016

Texto Motivador: 1 Coríntios 12 & Hebreus 11
               

INTRODUÇÃO:

                Hoje de manhã, em casa, uma irmã me fez uma pergunta (desafio como eu brinco na minha comunidade) sobre a fé na expectativa de Coríntios e a fé na expectativa de Hebreus.  Foi um desafio interessante, pois, mesmo sabendo da resposta, não podia responder qualquer coisa para ela sobre a fé.                   

Na verdade, estamos falando de dois pontos de vistas diferentes... Em Coríntios, podemos entender que a palavra “Dom” é muito frisada por Paula. Já que o “Dom” no contexto em Coríntios está relacionado com o carisma, que está relacionado com a graça que é um favor imerecido. Coríntios também, não podemos esquecer que era uma cidade rica não só na área financeira, mas também na, imoralidade, paganismo e idolatria. E como também não bastasse, começavam a participar muitas pessoas com suas filosofias contraditórias. Ou seja, estava contaminando os pensamentos dessa comunidade sobre as suas práticas e comportamentos.

                Aí, vem a grande questão quando Paulo comenta para a comunidade de Coríntios o seguinte: Não sejais ignorantes referente aos Dons. Uma vez que ela é um presente, um favor imerecido de Deus para nós.

                Já em Hebreus, podemos perceber o seguinte: O povo já tinha um comportamento de migração que é um grupo de pessoas que buscam melhores condições de vida. E ainda era um povo que, são adoradores de somente um Deus que é o Javé ou se você preferir Jeová. Tudo que era referente a sua fé, se baseavam pelo Antigo Testamento e olhavam principalmente a vida dos pais da fé. Homens que saíram da sua terra natal e foram avançando pela Palavra de Jeová.

                Muitos anos viveram assim, e é até normal, entender o questionamento dessa nação sobre a dúvida se estavam certos em seguir a religião do cristianismo, ou seja, acreditar se os passos que eles deram em direção a Cristo Jesus era correto ou não.

                Entretanto, o grande secreto da palavra “fé” é entender que ela não se explica e sim se vive. E além disso, a “fé” também é um “Dom” e temos que pedir e deseja-la diariamente e constantemente para as nossas vidas e ministério.

                Na caminhada cristã, percebemos que cada um tem um nível de espiritualidade e os questionamentos e as dúvidas são normais, independente se você é um novo ou velho convertido. A dúvida é até aceitável, pois, muitos ainda não viram ou não perceberam a Graça de Deus em suas vidas.

                Uma vez que, só podemos falar e acreditar num Deus que é Tremendo e Poderoso a partir das nossas experiências de vida com Ele... A intimidade para que o Dom da fé cresça em nós, é a cada dia relacionar-nos com Ele, não só num Templo, mas em todos os lugares e momentos.

                Da mesma forma, ninguém pode reconhecer o Senhorio de Cristo, se não for pela fé e também pela Ação do Espírito Santo que é o nosso intercessor.

                Mas, olha que interessante: Em Coríntios, percebemos que Paulo nos faz um alerta dizendo o seguinte: Que existem diferentes, diversidades e vários modos de Dons. Na verdade, existem mais de cinquentas Dons revelados para nós... Porém, Paulo neste texto só enfatizou nove abrindo um leque de observações e questionamentos para o povo de Deus.

                Vale a pena entender também o seguinte: Seja pela fé vivida ou pela fé recebida ela é uma chave que temos que entender que Jesus Cristo é o centro de tudo. Pois, ninguém, eu disse ninguém... Pode chama-lo de Senhor se não tiver sua fé firmada n`Ele.

                Sabe aquelas pessoas que tratam a Presença de Cristo como qualquer coisa? Pois é, é por aí que estou dizendo.

                Deus com a sua graça e amor... Distribui os Dons de acordo com a capacidade de cada um... Ou seja, uns vão falar em línguas, outros vão dançar, outros vão louvar, outros pregar, ainda temos que vão evangelizar, outros que são doadores de tempo e outros doadores de dinheiro para a Obra de Deus.  

                Entretanto, você não pode pensar, se ainda você não recebeu nenhum desses Dons achar que Deus não gosta de você ou que Ele esqueceu de você. Lembra-se que eu comentei aqui! Precisamos deseja-lo e entrar na rota de Deus.

                Temos que, perceber se na verdade existe algo que está nos atrapalhando para receber alguns Dons? Como no caso de pecado, falta de perdão, amor próprio e por aí vai... Tenho ministrado muitas vezes nesta Igreja dizendo o seguinte: Deus não faz acepção de pessoas, mas de atitude sim. E aí, vem uma outra frase que aprendi que diz o seguinte: A minha necessidade atrai a atenção de Deus, porém minha atitude provoca o favor de Deus...  (Apostolo Joel Pereira)

                Todas as pessoas... Que querem ser vencedores na sua vida, precisam de fé... Pois, sem fé é impossível agradar a Deus... Já que em Hebreus 11. 1 diz que: Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos. 

                O Dom da fé ela tem a caraterística dê, fortalecer, edificar, abençoar, prosperar e acreditar numa coisa que você ainda não pegou, não viu e nem sabe se vai receber. Isso é fé. Por que em 2 Coríntios nos mostra o seguinte: Porque vivemos por fé, e não pelo que vemos. 

                E só para finalizar e aí encerramos esse sermão: Existem Dons que são para momentos como o Dom de cura, uma vez que, não saímos aí curando toda hora e os Dons permanentes como o Dom da fé.

                Porém... Lembrando que, se você tiver vários Dons ou somente um, se você, mesmo reconhecendo os mais de cinquentas Dons ou somente esses nove que Paulo citou, se nós não tivermos o maior de todos eles que é o Dom de amar cravado no nosso peito.... O ou os nossos Dons não serve de nada. Pois, mesmo sendo uma graça de Deus, não quer dizer que é de graça, existe um preço a ser pago como obediência e fidelidade a Jesus Cristo através de Seu Pai e também pela Ação do Espírito Santo.
               

                Os dois textos que lemos, nos desafia a aumentar a nossa “fé” e o que você está esperando para pedir a Deus, que aumente e fortaleça sua “fé” nesta noite?

            Li uma frase antes de terminar esse sermão que diz o seguinte:  
A fé é um elemento indispensável para quem deseja viver para Deus. A fé torna o cristão mais forte, capacitando-o a suportar as adversidades e equipando-o a viver uma vida que agrada ao Senhor. A nossa fé aumenta quando lemos a Bíblia e deixamos que a Palavra de Deus tenha influência na nossa vida. E quando a nossa fé aumenta, nós conseguimos ver muito mais além do que é natura: vemos o sobrenatural de Deus em ação. [1]
               
                E o texto de Efésios 2. 8 – 9 nos revela o seguinte: Que somos salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie. E nada é impossível para Deus conforme o texto de Lucas 1. 37.

            Altar é lugar de confronto... Altar é lugar de busca e intimidade com Deus. Não sei como anda a sua fé, como está a sua intimidade com Deus. Mas, creio que se você se achegar a Deus, Ele vai lhe ajudar.

            
           


                 



[1] https://www.bibliaon.com – Acesso em 13 de setembro de 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário