sábado, 2 de janeiro de 2016

IGREJA RELEVANTE

TEXTO MOTIVADOR:   Efésios 4. 11 - 16
E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente. Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo, do qual todo o corpo, bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, faz o aumento do corpo, para sua edificação em amor.

INTRODUÇÃO
Lendo um livro no dia 31 de Dezembro de 2015, me deparei com uma palavra que me chamou a atenção. Essa palavra é “relevante” que no dicionário da língua portuguesa quer dizer: Que tem importância, que se salienta, que sobressai e que tem relevo.
Sendo assim, me lembrei de alguns professores da Faculdade de Teologia (Fateo – Umesp) e de alguns pastores que nos faziam a seguinte pergunta: Se a nossa igreja acabasse, se ela saísse do local que ela está  hoje, será que as pessoas iriam sentir falta? Sim ou não?
Essa é uma pergunta que não quer calar dentro de mim... Por isso, a importância de mudar a realidade do local ao qual nós vivemos é importe. Já que estamos entendendo que, nada acontece fora da gente sem antes acontecer dentro da gente. (Ap. Joel Pereira)
E paixão por vidas, tem que ser o nosso alvo, a nossa meta o nosso desejo. Que o ano de 2016 venha ser o Ano do Extraordinário de Deus sobre a vida dessa Igreja e que Deus venha nos capacitar e nos dar visão de Reino todos os dias. Amém? Entretanto, precisamos entender o que a Palavra do Eterno fala para cada um de nós e o direcionamento que Ele nos mostra através desse texto bíblico.
E para isso, precisamos entender o seguinte.


DESENVOLVIMENTO
            É um privilégio ser e de servir a Deus... A imagem de ser escolhido, muitas vezes estão nas nossas mentes devido alguma coisa do passado como por exemplo, ser o último ser escolhido num jogo de futebol, vôlei ou até mesmo numa brincadeira de “queimada na escola”.
            Porém, no Reino de Deus é diferente... É saber que cada um de nós somos importantes, independentemente do tempo ou lugar que fomos chamados para servir. Já que entendemos neste texto e no percorrer dos anos dentro da Igreja de Cristo que todos nós temos uma função.
            Existem pessoas que tem o dom de abrir igrejas, outros para pregarem nas igrejas, temos também, aqueles que vão ao encontro de pessoas, e aqueles que ajudam um grupo de pessoas e não mesmo importante, aqueles que já são mais velhos na fé, ajudam a firmar a fé de outras pessoas. Assim como, temos aqueles que cuidam e administram as coisas de Deus e da Igreja.
            Isso tudo, só entendemos quando o Espírito Santo abre os nossos olhos e aí o entendimento de ser discípulo de Cristo desata... Tem uma frase que Deus me deu que é o seguinte: Precisamos ver em Jesus Cristo, o homem oculto dentro de mim.
            Jesus Cristo, durante três anos da Sua vida investiu em pessoas. Aquilo que Ele fazia, queria que os Seus discípulos fizessem também. Jesus Cristo, não chamou as pessoas para serem cristão e sim discípulos.
            Preste atenção nisso: O termo cristão aparece 3 vezes na Bíblia Sagrada... Já discípulos, aparece 33 vezes. Isso tem algo para nós mostrar, não é? Precisamos ser discípulos de Cristo.
            Somos chamados e desafiados para mudar a realidade do nosso local, somos convidados a dar uma volta de 360 graus e ver as possibilidades que temos nas nossas mãos e a partir daí agir em Nome de Deus, no Nome d`Aquele que Tudo pode e Tudo faz através de Seu Filho Jesus Cristo e também pela ação do Espírito Santo de Deus. Pois, o mesmo Deus que nos chama é o Deus que nos capacita e nos dar estratégia para vencer batalhas e guerras.
            Deus nos deu dons e talentos. E tudo que Ele nos deu, é para ser usada em prol do Reino e para o Reino... John Wesley, mentor do Metodismo dizia o seguinte: Renovar a cidade e a nação.         Ser Protestante (ser evangélico) é entender que somos reformadores... Temos a mente renovada e atitudes renovada. Jesus Cristo com 12 homens fez uma revolução na Sua época mudando a mente e a atitudes de muitas pessoas...  E até hoje, Suas ideias e atitudes nos impactam, nos emociona e nos dá direcionamentos.     
Mas, voltando ao texto de Efésios, no capitulo 4. 23 nos mostra o seguinte: deixem seu espírito e mente serem renovados. (Versão da Bíblia Judaica Completa).
Renovação de mente é mente transformada, transformação da mente é mente impactada. E impacto só é impacto se nos causa mudança.
            O próprio Apostolo Paulo em suas cartas mostrava e deixava muito claro que quando ele encontrou Jesus Cristo a sua vida mudou. Era perseguidor, acusador, covarde e assassino. Porém, depois do seu encontro com ele, se tornou um dos mais importantes homens de Deus no mundo. Uma vez que, a sua fidelidade a Cristo e a sua mudança de mente, fez a Boa Notícia chegar até a nós.
Preste atenção mais uma vez: Só somos novas criaturas quando verdadeiramente aceitamos a vida e os desafios de Deus para nós.  Já que sabemos que existem os convencidos e os convertidos.
Duas palavras totalmente diferente que vamos entender agora que são:
Ser convencido: É entender que primeira atitude na vida dele é o remorso, o que é definido como um sentimento de culpa que não vem acompanhado de mudança. O melhor exemplo de remorso é o de Caim (Gênesis. 4.9-14). Ou seja, O convencido conhece a religião, mas não conhece o Deus da religião (Tiago 2.19).
Ser convertido: É um novo nascimento que significa “volta”. Representa uma volta espiritual, voltar-se do pecado para Cristo. É aceitar a influência de Deus em nossa vida e escolhas. Conversão é o ato de dar as costas para o pecado em arrependimento e voltar-se para Cristo em fé. [1]

            Entender a diferença dessas duas palavras no nosso meio é fundamental... Elas podem ser um desatar ou paralisar. Ser discípulo é entender que vamos ser moldados e transformados por Cristo e em Cristo. Já que Ele é a fonte de toda verdade, então a nossa verdade, tem que ser atos de justiça, paz, comunhão, transformação, cura, milagres e restituição. Isto é, precisamos ser relevantes, e se sobressair, não para chamar atenção das pessoas e sim para chamar atenção de Deus.
            A Palavra de Deus nos mostra isso toda hora... Cada um aqui, pelo menos já leu algum versículo bíblico... Então, o objetivo desse sermão é relembrar princípios que não podemos perder que é o seguinte: Somos importantes para Deus. Pois na Palavra de Deus nos diz: Que eu sou aquilo que Ele diz que eu sou, eu tenho aquilo que Ele diz que eu tenho e posso aquilo que Ele diz que eu posso. Amém?
CONCLUSÃO
            Temos que entender que ser discípulos de Cristo é ter atitudes...
            Falam comigo: Palavras falam... Atitudes gritam (3x)
            Deus nos deu uma grande responsabilidade para fazer discípulos, segundo o coração de Cristo. E essa chama, essa força, esse direcionamento não podem acabar dentro de nós. Pois, imagine só, uma pessoa somente pregando, curando, libertando, salvando, ensinando e louvando num bairro como esse! É loucura. Mas, Deus através de Seu Filho Jesus Cristo nos chamou para caminharmos juntos, lado a lado. Já que o princípio que vamos ministrar na vida dos discípulos de Cristo nesta Igreja é: Sozinho não.
            Juntos somos mais fortes e vamos mais longe... Já que, na própria Palavra de Deus nos mostra que, se um cair o outro levanta.
            Existem muitas pessoas caídas no nosso meio, dentro e fora das Igrejas. Por causa disso, temos que entender que existem propósitos e princípios para nossa vida e ministério que são:
1.      Ser Santo... Ser santo por que o SENHOR é Santo.
2.      Ter objetivo... E o nosso objetivo tem que ser de salvar vidas.
3.      Ter Deus como vida... Pois, Ele é o ar que respiramos e é tudo que precisamos.
Quando conhecemos a Palavra, temos a luz... E sempre quando somos confrontados, a luz brilha sobre nós. Por isso, Deus nos convida para fazer parte do Seu grande exército, do Seu grande Reino e dos Seus grandes sonhos e entender os princípios do nosso chamado que é ser sacerdotes santos e reais... Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz” (I Pedro 2:5-9). Amém? Você crer nisso? Tem certeza?
Está disposto deixar Deus entrar na sua vida... Quer viver uma nova vida em Deus e deixar Deus ser Deus da sua vida? Lembra-se, discipulado é estilo de vida, é ver em Jesus Cristo o homem que está oculto dentro de mim.
Amados... O mover de Deus eu não direciono, eu simplesmente me rendo a ela.
Vamos viver no Sobrenatural de Deus e deixar Ele agir... Sei e entendo que nem sempre é fácil viver segundo a vontade de Deus. Mas, sobre a nossa vida, existem responsabilidades e obediência. E o próprio Senhor Jesus Cristo nos avisou que poderemos fazer coisas grandes em Seu nome e nos deixou um mandamento que diz o seguinte em Mateus 28. 19 - 20: Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, imergindo-os na realidade do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ensinando-os a obedecer a tudo o que lhes ordenei. E lembra-se: Estarei sempre com vocês, até o fim da era.  Que o Eterno nos bençoe grandemente neste entendimento.



[1] http://www.lagoinha.com – Acesso em 31 de Dezembro de 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário